fbpx

Conheça as principais dúvidas sobre clareamento dental

Conheça as principais dúvidas sobre clareamento dental

É natural que as pessoas não gostem de ter os dentes amarelados ou manchados tortos e desalinhados e, um sorriso com essas características afeta diretamente a autoestima, confiança e qualidade de vida de uma pessoa. Além disso, por ser como um cartão de visitas, a aparência dos dentes também interfere nas relações sociais e profissionais. No entanto, a odontologia sempre tem uma solução para os problemas bucais, especialmente para clareamento dos dentes e com isso, muitas dúvidas surgem. Por este motivo, conheça as principais dúvidas sobre clareamento dental.

Principais dúvidas sobre clareamento

Você tem dúvidas sobre clareamento dental? Elaboramos este post para ajudar você a entender melhor este tipo de tratamento. Com mais informação, você pode decidir o melhor método para obter um sorriso branco e harmonioso. Confira:

 
Por que os dentes escurecem?

Assim como nossa pele e outras partes do corpo, nossos dentes também envelhecem. Além de fatores como ingerir produtos que causam o desgaste natural da dentição, que são produtos com corantes como refrigerantes e chás, o dente também sofrem desgastes que expõe a dentina, parte mais interna do dente. A dentina é uma camada mais amarelada, resultando em um contraste grande como dentes manchados. Por isso, quando há esse desgaste natural, o clareamento serve para retornar à cor do dente mais clara.

 
Quanto tempo dura o clareamento?

O efeito do clareamento pode durar por anos, desde que siga as orientações do seu dentista. Após realizar o clareamento, o paciente precisa ter alguns cuidados para manter o resultado do tratamento e fazê-lo durar mais tempo. A comidas e bebidas consumidas e a manutenção da higiene bucal é o que vai interferir para que os dentes escureçam novamente. Um clareamento pode durar, em média, 2 anos a 5 anos, dependendo do paciente.

 
Qual método causa menos sensibilidade?

Muitas pessoas possuem sensibilidade em seus dentes tanto por alimentos quentes e frios. Porém os alimentos gelados tendem a ser mais comuns especialmente no verão quando são ingeridos sorvetes e bebidas geladas. Em geral, ao realizar o tratamento para clareamento dental, o procedimento através de reagentes, abre o poro do dente para inserir o produto e remover essas manchas. Após isso, os poros são fechados.

Para não haver risco nenhum de sensibilidade, o paciente deve usar os cremes dessensibilizantes antes e após o tratamento. O creme dessensibilizante possui fluoreto de estanho, eficiente na redução da sensibilidade dos dentes. Sua fórmula ajuda a bloquear as aberturas dos pequenos poros conectados aos nervos do dente, impedindo que substâncias externas ativem a dor.

 



Quais são os cuidados pós-clareamento?

Assim como em qualquer tratamento ou procedimento médico, existem alguns cuidados que devem ser tomados após o clareamento dental. O principal deles é o retorno para realizar o acompanhamento com o profissional. Serão necessárias limpezas periódicas, além de cuidados com a escovação diária e o uso do fio dental após as refeições.

 
Veja também:
Alimentos que escurecem os dentes
Clareamento Dental – Tudo sobre cuidados antes e depois do tratamento

 
É possível fazer clareamento em casa?

Existem diversas opções no mercado para realizar clareamento caseiro, além de diversas técnicas para o clareamento dos dentes que podem ser feitas em casa, mas nada substitui a experiência de um profissional. A técnica correta para cada paciente deve ser recomendada por um cirurgião-dentista. Realizar um procedimento odontológico sem o devido auxílio de um profissional, pode gerar resultados indesejados como dentes machados e outros problemas.

Sem a devida instrução e auxílio por parte de um profissional experiente, o paciente pode aplicar os produtos de forma errada, pode causar algum dano ao dente e a gengiva. Se for colocado em raízes expostas e com cárie, por exemplo, o produto pode gerar uma pulpite, que é a inflamação da polpa dentária. Nesse caso, torna-se necessário um tratamento de canal.

Por este motivo, ressaltamos a importância de que para obter todos os benefícios que um procedimento de clareamento dental pode oferecer, é de suma importância a avaliação do cirurgião-dentista, bem como seu acompanhamento, orientação e supervisão até o final.

 
Por que os dentes perdem a cor branca?

Nossos dentes são formados por várias camadas, uma sobreposta a outra, e a mais superficial é chamada de esmalte. Essa camada é, naturalmente porosa. Com o decorrer do tempo, restos de comida podem acumular-se nas microfissuras, se alojando na camada abaixo do esmalte, a dentina. E devido a esse material acumulado, torna-se uma das causas do escurecimento dos dentes.

Outro fator que influencia para a perda da coloração branca dos dentes é o desgaste natural do esmalte, fazendo com que a dentina fique mais espessa pela formação de camadas reparadoras. O resultado são dentes mais escuros. O consumo em excesso de alguns alimentos, como café, refrigerante, vinho, curry, bebidas fermentadas e beterraba, também podem causar o escurecimento precoce.

 
Adolescentes podem realizar clareamento?

O clareamento dental pode ser realizado em pacientes adolescentes somente após uma criteriosa avaliação clínica. Cada vez mais cedo, é muito comum o desejo por parte dos adolescentes de terem um sorriso branco como os artistas. O uso de aparelho ortodôntico é comum nessa fase e, ao final do tratamento, muitos querem realizar o procedimento de clareamento dental para além de terem um sorriso alinhado, também ser branco e bonito.

Neste caso a idade não é levado em consideração, mas sim a maturação dos tecidos dentais. Em especial para os adolescentes, o procedimento é contraindicado para aqueles que não possuem a completa formação das raízes dos dentes. Para uma avaliação mais precisa, através da radiografia é possível verificar se as raízes estão desenvolvidas e com as ápices fechadas.

 



Todos podem fazer o clareamento?

Ter os dentes brancos e bonitos é o sonho de muita gente e o clareamento dental é um procedimento que pode ajudar nisso. Felizmente não há muitas contraindicações e a maioria das pessoas podem realizar o tratamento desde que toda a cavidade bucal esteja em um bom estado de saúde.

Por isso, as contraindicações normalmente são para pacientes que possuam problemas bucais como cáries, doenças periodontais e lesões dentárias. Além disso, no terço inicial e final da gravidez, é um procedimento que deve ser evitado, que por ser um tratamento estético, é ideal que se faça fora do período de gestação. E vale ainda evidenciar que, apesar de muitas vezes ser comum a procura pelos próprios pacientes, é um procedimento que deve ser indicado e acompanhado por um profissional especializado.

 
É possível ter dentes branquíssimos?

Em geral, grande parte dos pacientes ficam satisfeitos com o resultado, pois a sensação de dentes limpos e brancos, livres de manchas é extremamente reconfortante. No entanto, há casos em que o efeito desejado pode não ser alcançado devido a pequenos detalhes na rotina do paciente que impedem de ter o efeito esperado.

O consumo de cigarros e de alimentos com grandes concentrações de corante, como é o caso do café e do vinho, podem acabar manchando os dentes e prejudicando o processo do clareamento. Portanto, é importante seguir à risca as orientações do profissional após o procedimento para que o resultado seja o mais satisfatório possível.

 
Há efeitos colaterais para o clareamento?

A sensibilidade dentária é um sintoma que pode acontecer com alguns pacientes e sempre deve ser avaliada. A irritação da gengiva também pode ocorrer quando a moldeira não está bem adaptada ou quando a pessoa usa gel demais, geralmente no procedimento caseiro.

 
É preciso fazer o clareamento mais de uma vez?

O procedimento de clareamento dental geralmente não é feito por necessidade, mas por motivação pessoal, como o desejo de ficar com dentes mais brancos. Como o dente escurece com o passar dos anos por que a dentina se forma continuamente dentro do dente, uma camada mais espessa de dentina acaba mostrando um dente mais amarelo. Por causa disso, algumas pessoas gostam de repetir o clareamento depois de alguns anos.

 

Agora que você já conhece as principais dúvidas sobre clareamento dental, siga todas as orientações e tome todos os cuidados com os seus dentes após o clareamento dental. Não se esqueça nunca da importância da limpeza bucal diária e sempre visite o seu dentista. Assim, é possível garantir que o tratamento será bem-sucedido e que seus dentes continuarão brancos por muito mais tempo. Entre em contato conosco agora mesmo e agende sua avaliação para realizar um procedimento de clareamento dental.

Adicionar Comentário

×
Olá, notamos que você está pesquisando sobre As principais dúvidas sobre clareamento dental. Se você tem dúvidas ou está pesquisando para alguém, fale conosco e agende uma consulta agora mesmo. Clique no ícone abaixo para falar via Whatsapp.