fbpx

Perdi um dente – O que devo fazer?

Perdi um dente – O que devo fazer?

São inúmeros os motivos que podem levar à perda de um elemento dental, incluindo acidentes e extrações causadas por doenças bucais. No entanto, é muito importante pensar na substituição desse dente, não somente pela aparência, mas principalmente pelas questões de saúde, já que a falta de um dente pode implicar em lesões gengivais, sobrecarga na mastigação do lado oposto onde existe a falha e movimentação (extrusão) dos dentes.

A opção mais duradoura é realizar um implante dentário, que é muito semelhante ao do dente natural. Feito por meio do procedimento cirúrgico, o processo de implantação pode durar alguns meses, já que envolve três etapas: planejamento e exames radiográficos, cirurgia para instalação do pino de fixação e por fim a instalação da prótese (dente propriamente dito). Dependendo do sistema de implantes utilizados, o tempo pode ser mais curto, em torno de 45 dias de aguardo.

Para aqueles casos nos quais o paciente tem muitos dentes faltantes, é possível que o dentista indique a utilização de próteses dentárias múltiplas, que são aparelhos removíveis que contém uma grande quantidade de dentes artificiais que imitam por completo a aparência dos dentes naturais.

Há ainda as pontes, conhecidas como próteses fixas, que são elementos de prótese que preenchem o espaço de um dente. Elas são fixadas nos dentes ao redor do faltante, por esse motivo, podem ocasionar desgastes nos dentes naturais dos pilares (dentes de apoio) que são envolvidos para a confecção da prótese.

ponte dentaria

E quando só é um caso de dente quebrado parcialmente?

As coroas permitem “encapar” parte do dente que está debilitado, tornando a estética e funcionalidade do sorriso em dia novamente.

coroa

Da mesma forma, esse dente será avaliado para definir se o procedimento mais indicado é a restauração direta em resina, um onlay (restauração confeccionada no laboratório que permite mais perfeição no dente final) ou até mesmo uma coroa (uma capa que recobre o pedaço do dente.

Como saberei qual o tipo de prótese é mais indicada no meu caso?

É necessário uma avaliação inicial para solicitação de alguns exames (radiografias e/ou tomografias), saber do histórico médico do paciente (se ele é alérgico, se faz uso de medicamentos) para fazer um planejamento e assim definir quais as melhores opções de tratamento. Afinal o cuidado com cada paciente é individual, olhando para as suas necessidades com carinho e buscando tratar a saúde dele de maneira geral.

E independente do tratamento realizado, é fundamental realizar o acompanhamento com consultas periódicas para garantir a saúde bucal.

Agende uma avaliação na NEO!

botao tratamentos neo

Adicionar Comentário